sábado, 29 de janeiro de 2011

MEDO VOA...



Medo voa

medo vai-te

pr'outro lugar

bem distante

quero voar

leve como pluma

sem teu peso levar...

Nuvens carregadas


de tantas tristezas


Vão para longe


com o vento


E que esse

carregue o medo


pra bem longe

dos meus olhos...


Essa viagem me leva


mas eu retorno


leve como a pluma


do sonho renovado...


.
medo despedaçado


levito em mim


novamente feita de algodão.
..


Enfrentando os medos

Eles se vão

como nuvens,

carregadas

pela minha grande paixão

a vida que vem

de novo me buscar.

4 comentários:

Angélica Lins disse...

Encantada com tuas palavras...

:)

Suzana Martins disse...

Com minha vida em paixão, deixo o medo trancado no porão!!!

Beijos e beijos, minha querida!!!!

Gosto demais de te ler, minha linda!!!^^

Danilo MM disse...

É natural que tudo venha a chover

Tatiana Kielberman disse...

Que o medo tenha sempre uma oportunidade de ir embora, para bem longe de nós!

Beijos!!