segunda-feira, 31 de maio de 2010

Com a palavra : Jabor .

SEJA UM IDIOTA - Arnaldo Jabor

A idiotice é vital para a felicidade.
Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre. Putz!
A vida já é um caos, por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado?
Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes, separações,
dores e afins. No dia-a-dia, pelo amor de Deus, seja idiota!
Ria dos próprios defeitos. E de quem acha defeitos em você. Ignore o que o
boçal do seu chefe disse.
Pense assim: quem tem que carregar aquela cara feia, todos os dias,
inseparavelmente, é ele. Pobre dele.
Milhares de casamentos acabaram-se não pela falta de amor, dinheiro, sexo,
sincronia, mas pela ausência de idiotice. Trate seu amor como seu melhor
amigo, e pronto. Quem disse que é bom dividirmos a vida com alguém que tem
conselho pra tudo, soluções sensatas, mas não consegue rir quando tropeça?
hahahahahahahahaha!...
Alguém que sabe resolver uma crise familiar, mas não tem a menor idéia de
como preencher as horas livres de um fim de semana? Quanto tempo faz que
você não vai ao cinema?
É bem comum gente que fica perdida quando se acabam os problemas. E daí, o
que elas farão se já não têm por que se desesperar? Desaprenderam a brincar.
Eu não quero alguém assim comigo. Você quer? Espero que não.
Tudo que é mais difícil é mais gostoso, mas... a realidade já é dura; piora
se for densa. Dura, densa, e bem ruim. Brincar é legal. Entendeu?
Esqueça o que te falaram sobre ser adulto, tudo aquilo de não brincar com
comida, não falar besteira, não ser imaturo, não chorar, não andar descalço,
não tomar chuva. Pule corda! Adultos podem (e devem) contar piadas, passear
no parque, rir alto e lamber a tampa do iogurte. Ser adulto não é perder os
prazeres da vida - e esse é o único "não" realmente aceitável. Teste a
teoria. Uma semaninha, para começar. Veja e sinta as coisas como se elas
fossem o que realmente são: passageiras. Acorde de manhã e decida entre duas
coisas: ficar de mau humor e transmitir isso adiante ou sorrir... Bom mesmo
é ter problema na cabeça, sorriso na boca e paz no coração!
Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus e que tal um cafezinho gostoso
agora?
"A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios".
"Por isso cante, chore, dance e viva intensamente antes que a cortina se feche"

segunda-feira, 17 de maio de 2010

AOS NÁUFRAGOS - MENSAGEM NA GARRAFA - I




Sim, porque nossos corações têm a mania de sentir
Muito mais do que somos capazes de compreender
Há um mundo infinito dentro deles...
Como podem ,então,outras pessoas nos entenderem,
Se nós mesmos não o fazemos?

Sentimentos tantos, que se distraem, uns aos outros.
Alegria / tristeza; euforia / calmaria; amor / desamor...
Como pode haver tamanha confusão!
Tamanha contradição...

Nossa alma se contradiz ....
Nosso coração é um eterno aprendiz
Que insiste em esquecer muitas lições

É como se houvesse um EU paralelo,
Que às vezes nos toma conta, nos afronta!
Como entender, então ?


Mas saibamos, náufragos, que não estamos sós ( ! )
Existem muitos e muitos como nós espalhados pelo oceano dos sentimentos
Naquele espaço do mundo que os "terra firme" dificilmente chegarão...

Por isso.... não nos preocupemos tanto em não sermos compreendidos...
Se somos amados, então , que beleza! Basta! Basta ?
Já nos basta, que nos amem, assim, do jeitinho que somos.
Essa complexidade tão simples.... tão distante e tão palpável...

É como se fóssemos um barquinho atracado ....
Que de vez em quando se solta e desaparece...
Indo com a maré... vai e vem .... vem e vai...
Desaparece, se afasta... do alcançe da visão .
Mas se a visão não nos encontra,
Procure-nos no coração.

Estamos nas entrelinhas... nas palavras não faladas.
( E como existem palavras que queríamos ter dito!)
Nos gestos mais delicados,
Nos olhares mais ternos, muitas vezes amedrontados...


Tarefa difícil essa, pra um poeta : ser entendido!


( FB )

domingo, 16 de maio de 2010

DROPS


E ela fica feliz. Feliz com um dia de sol. Feliz com o calor no rosto. Feliz com o futuro que se insinua.



De repente ele estava ali, bem ao alcance do seu olhar. Mas ela sabia que, para alcançá-lo, não poderia acordar...



Mas viver de sonhos não dá. Então ela acordou, abriu a porta, olhou o azul do céu e soube que tudo tem seu momento. E o dela estava por vir.



E ela se fechou tanto em seu próprio mundo que só foi encontrar a chave anos depois, no coração dele...


........................


Porque as coisas mais importantes, mais belas, não há de querer entendê-las ... há que sentí-las

Fecha os olhos, assim. Sente a brisa, sente o carinho que a natureza te faz. Abre os olhos agora. Vê as cores do mundo a tua volta.

Cada cor, textura, cheiro. A natureza é completa. Faz parte disso. Coloca essa luz dentro de ti.

Dentro do teu coração. Essa luz que Deus te deu. Espalha os reflexos à tua volta. Pra todos os seres vivos


.................



Sinto-me incompleta. Numa ânsia, numa lacuna, numa espera. E não há mais procura: o encontro ocorreu....só falta avisar-nos...


E esse esperado aviso não tardará.....acho até que sempre soube....e ele também.


..................


Saí porta afora buscando respostas. Voltei, ao entender que não havia nenhuma resposta fora de mim. O difícil é saber decifrá-las.


Essa sensibilidade toda, ser assim à flor da pele: dói !

( FB )

quinta-feira, 13 de maio de 2010

PRA ESCUTAR

PRA VOCE GUARDEI O AMOR - NANDO REIS E ANA CANÃS



Pra você guardei o amor
Que nunca soube dar
O amor que tive e vi sem me deixar
Sentir sem conseguir provar
Sem entregar
E repartir

Pra você guardei o amor
Que sempre quis mostrar
O amor que vive em mim vem visitar
Sorrir, vem colorir solar
Vem esquentar
E permitir

Quem acolher o que ele tem e traz
Quem entender o que ele diz
No giz do gesto o jeito pronto
Do piscar dos cílios
Que o convite do silêncio
Exibe em cada olhar

Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra qualquer
Além de não saber como fazer
Pra ter um jeito meu de me mostrar

Achei
Vendo em você
E explicação
Nenhuma isso requer
Se o coração bater forte e arder
No fogo o gelo vai queimar

Pra você guardei o amor
Que aprendi vendo meus pais
O amor que tive e recebi
E hoje posso dar livre e feliz
Céu cheiro e ar na cor que arco-íris
Risca ao levitar

Vou nascer de novo
Lápis, edifício, tevere, ponte
Desenhar no seu quadril
Meus lábios beijam signos feito sinos
Trilho a infância, terço o berço
Do seu lar

ESSA MÚSICA É LINDA....LINDA....LINDA....LINDA....
DELICIEM-SE!

beijos!

segunda-feira, 10 de maio de 2010

DECIFRA-ME OU TE DEVORO

Ah, a complexidade humana...

A minha complexidade é tanta que passo em alguns instantes de uma pessoa indecifrável a maior simplicidade que há. Sim, sim, difícil entender. Eu já tentei ( e não desisti, não ) inúmeras vezes decifrar minha mente, meus anseios, meus devaneios, minhas escolhas ( peraí: eu faço escolhas? ou são elas que me fazem?).
Tá, de uma coisa eu tenho certeza: não sou simples, exata, linear...não tenho script.
Sou tudo ao mesmo tempo agora, sempre!
Contradição. Mutação. Indefinição. "Eu me contradigo? Sim, eu me contradigo. Sou vasto, contenho multidões" . E minha multidão interna é tão vasta, que pouco conheço os habitantes: muitos rostos ainda nem mesmo esbarrei!

Pra começo de conversa (nem tão começo assim, já estou no meio do texto..haha) ainda não entendi porque estou escrevendo um Blog: não sou escritora, não sou poeta, não sou cronista, não sou jornalista, tampouco artista.... Mas as palavras, as idéias, as frases, versos desconexos, tudo isso me vêm de uma forma tão intensa que tive a necessidade de me expressar. E o fiz aqui. Acho que é isso.

Contradigo, simplifico, complico, apago tudo; não entendo nada, sei é muito.....Ah, vai entender...

" HUMANO, DEMASIADO HUMANO" ( F. Nietzsche )

Beijos,

fui!

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Realizando Sonhos

Aqui estou eu de volta, pra falar de uma coisa maravilhosa: a realização de sonhos! Estou feliz demais por poder dizer que venho, nos últimos tempos, realizando muitos sonhos e desejos.
Ano passado, em dezembro, fiz uma viagem inesquecível com minha família, que irei guardar pra sempre na memória, todos os momentos que vivenciamos ( estava ausente a mana Viviane, então recém casada e grávida ).


Tim tim, família!!!

Nesta viagem, pude fazer passeios fantásticos, conhecer lugares incríveis e, ainda, ir a dois lugares mais que especiais pra mim. Explicarei.

Um deles foi , em Paris, ir ao Bairro Montmartre, passear por este bairro onde foi filmada grande parte do filme que mais amo: Le Fabuleux Destin D'Amélie Poulain. Andando por lá, vislumbrei muitos locais onde reconheci locações do filme! Por ex: a estação do metrô de Abesses , a praça em frente à a Igreja Sacré Coeur ,




onde foram feitas muitas cenas, inclusive o carrossel que aparece no filme quando Amélie ( Audrey Tautou) vai entregar o álbum de fotos ao amado Nino Quincampoix (Mathieu Kassovitz ) ( foto acima ). E, no dia em que estive lá, estava tocando uma música da trilha do filme no Carrossel!!! Que emoção, ver todo aquele cenário, lembrar do filme e ainda escutar a música de Yann Tiersen! UHU!!
Mas não acaba por aí, não!! Ainda vem o ápice , a cereja do bolo! rsrsrs

Depois de procurar e procurar ( pobre dos meus pais, que foram "arrastados" junto comigo rsrsrs) eu encontrei! Encontrei uma das locações principais do filme: o " Cafe Des 2 Moulins " , que é real, sempre existiu ali e foi usado nas filmagens. NÃO ACREDITEI quando vi a fachada do café ...



















A fachada..... A porta....





.....muita emoção!!!!! Depois, lentamente, pé por pé, empurrei a porta de entrada e ....... estava dentro de um grande sonho!!!!! Estava lá no café que aquela mocinha adorável trabalhava ..... parecia que via ela caminhando por ali, servindo mesas, atendendo no balcão! Sabe quando a felicidade é tanta que dá vontade de pular e de chorar ao mesmo tempo? Sim, eu estava assim, sendo observada por meu pai, que não estava entendendo direito o porquê de tanta euforia da filha. E eu disse a ele: pai, eu estou tão feliz, tão feliz, que tu nem imaginas. Obrigada por me acompanhar até aqui e fazer parte desse sonho!



















Simmm , eu entrei!!! Melhor expresso da minha vida!




Bem , ao entrar no café, fiquei bem doida, querendo tirar fotos de tudo!!! Se pudesse, teria filmado, mas isso seria meio difícil, em meio às pessoas que normalmente frequentavam o local ( poderiam não gostar ). Depois, fui ao balcão e pedi ao garçom ( Amélie estava de folga naquele dia...puxa! rsrs) um café. Tomei o café ( o melhor expresso da minha vida! ... ) e, após uma foto, pedi ao garçom se poderia levar uma das toalhas de papel que ficavam sobre as mesas , com motivos de Amélie, claro. O moço gentilmente disse que sim, foi buscar e ainda me deu dois! Ahhh, que feliz fiquei! Meu pai assistindo a tudo, e presenciando a gentileza do rapaz, me explicou como falar em francês " o senhor é muito gentil, obrigada " ..... Ahhhhh, quanta alegria...... disse ao meu pai, quando saímos do café, que só por aqueles momentos já tinha valido a viagem ( com meus olhos embargados.... sabe aquela coisa da felicidade com as coisas mais simples? Pois é..... e quem já assistiu ao filme, entende o que quero dizer ).

Mas não acabou por aí, não.


Na viagem , vivi outro momento inesquecível: Fui tomar um chá com uma amiga muito querida .... Olha eu, tomando um chá com a Audrey Hepburn!!! UHUUU , quanta felicidade! Tá certo que foi no museu de cera ( Madame Tussaud - Londres) mas olhar aquela imagem e fazer esta foto pra mim não tem preço.






Eu e Audrey.... chá com a Bonequinha de Luxo!!!




Emoções a mil!

Voltamos entao da viagem, o ano virou , foi passando o tempo quando finalmente o dia 15 de março chegou. E com ele, um dos meus melhores presentes da vida: nasceu minha sobrinha e afilhada MARIANA!!! Linda, fofa, saudável, amada, tããããão esperada! Um anjinho!!!! E estive presente durante sua chegada , filmei a cesárea, seus primeiros exames físicos, seu primeiro banho ( tudo no Centro Obstétrico, claro).................... AHHHH, nuncaaaaa vou me esquecer disso! Isso que é madrinha participativa, hein??? rsrsrs
























Anjinho chegando!













Mari com 1 mês e meio!


Amo muito, demaissssss essa pequenina que chegou ao mundo pra iluminar nosso caminho. Parabéns, minha irmã amada, parabéns Viviane, por gerar esse ser tão especial. Te amo!







Vivi e Mari em Gramado



E muitos e muitos sonhos ainda estão por vir, a serem realizados. Um deles, o maior da minha vida, com certeza se realizará. E, se Deus quiser, em breve.




Um beijo!



P.S.: pra quem não assistiu ou não lembra do Café da Amelie, no filme, veja o vídeo que está no meu perfil, do blog.


E aqui, neste outro vídeo ( Amelie Poulain - Comptines d'um autre été - Yann Tiersen ) aparece o carrossel!!!! =))