sábado, 6 de novembro de 2010

TEIMOSIA


E quando é não, é não mesmo?? ....

É que é criança, insiste em ser teimosa.

Teimosia pode ser insistência de coração que não para de bater.

Coração bate , acelera, e a vontade não cessa.

Insiste e permanece.

É teimosia que não acaba.

Acho bom insistir em bater, o coração.

Teimoso em amar vive pra sempre de sonhar.

Uma hora dessas, acorda.

Vive de amar e não se arrepende de teimar...

3 comentários:

Única e Exclusiva disse...

É na insistência da existência que prosseguimos! Viver como crianças teimosas, deveria ser o leme de toda nação. Amar, sem esperar nada em troca.

bjos, ú&e =***

Du disse...

Teimosa incorrigível sou eu... e apesar de não estar pensando em nada relacionado ao coração neste momento da minha vida (quero mais é cicatrizar minha alma primeiro das feridas que ainda sangram, sacomé?)

Pois é...mas a vida continua, o mundo dá voltas e eu ainda posso amar de novo, um dia, quem sabe...né? rsrsrs

Beijoooooooo

Bruna disse...

Pois é... Teimosas que somos nós, mulheres!!! Eu sou demais, demais, demais... rs

Mas há um lado que eu adoro na teimosia... Teimar em se levantar, teimar em continuar, teimar em amar (de novo, de novo... e sempre!), teimar em ser feliz, teimar em... VIVER!

Beijos de teimosia, Flavitcha!