quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Ai! Caí...


Bolhas de sabão / surgem ali nos lindos pés / quando quer voar

Ela sempre foi / cheia de encantos / pelo azul do céu

Mar de estrelas / zomba da menina / com saia anil rendada

E assim se faz / a métrica da letra / do anjo feito de sonhar

No concreto gris / se pôs a dançar feliz / com a lua a brilhar

Coisa de criança / ser tão alegre assim / no instante de cantar

Ai, caí , aqui ó / no embalo da rima / coisa de menina!


( brincando de tentar fazer Hai Kais :P )

5 comentários:

Suzana Martins disse...

Bolhas de sabão voam pelo tempo
querendo prosas e acento.

Bolhas de sabão
que seguem voando no céu de crianças
brincando ao léu.

Coisas de rimas
coisas de papel!

beijos, linda!!^^

simone disse...

Cada Pedaço Em Bolhas De Sabão são
palavras que vivem soltas no vento.

É preciso brincar, beijos.

Tatiana Kielberman disse...

Aprovadíssimo, querida!!

Viajei nas palavras...

Beijos e continue, não pare, não!

=)

Cristiano Melo disse...

Legal esta experimentação Flávia,

"Ai, caí , aqui ó / no embalo da rima / coisa de menina!"

Ficou muito muito legal e diz tanto!
Então, bolha que pode estourar com o vento, levanta e se torna uma estrela.

beijos

Du disse...

Eu nunca tentei fazer hai kai, ficaram muito bons os teus... tem um da Alice Ruiz que eu AMO, não sei se tu conhece:

"Sou uma moça polida
levando
uma vida lascada."

rsrsrs

Beijo!