domingo, 22 de dezembro de 2013

Amor Silencioso




Existiu um amor
tão intenso,
tão imenso, 
que silenciou...

que sentiu a força
das ondas do mar-
e o oceano inteiro
parou...

A natureza cabia 
no peito
vendaval 
sem sufocar 
só fazia germinar...


Até que
levitou coração ao vento
e naquele momento,
 o amor calou...




Um comentário:

Viviane Maria Bina Braun disse...

Liiiindo ! Como sempre... quanta inspiração !!