sábado, 5 de fevereiro de 2011

Te Sonho ...



quero andar pela rua,

sem rumo certo,

dobrar a esquina,

desenrolar minha vida ...

quero saber em que chão pisar
e em que hora saltar...
quero andar na areia,

mergulhar no mar

subir no azul do teu céu

orbitar certeiro sistema solar

quero olhar nesses olhos
teus olhos teu olhar
sem parar, até levitar

sentir o sangue ferver

a pele arrepiar

o corpo tremer

te lembrar me excita

me deixa louca

me faz viajar
teu beijo teu olhar tua mão

meu seio minha cintura meu quadril

clamam por ti,
teu toque, tua boca

não tem como negar
te quero, te sonho
te sinto

e sei que não vais escapar...
esteja onde estiver
com quem for
qual boca beijar
aqui estarás
comigo
corpo mente coração
assim como o mundo gira
vais voltar pro meu abraço
me encaixar no teu corpo
me levar contigo
pra vida
voar imensidão
paz e tesão
é..
te sonho
e te tornarei real...











6 comentários:

Ana SS disse...

adoro te ler.

Danilo MM disse...

Fecho os olhos e sonho tudo ao contrário, que sabe assim se torna real.

Cristian disse...

Olá Flávia, qrida.

Quantas sensações, emoções e "reflexos condicionados"! Passar por aqui é uma verdadeira aventura. Me perco em pensamentos... bate um friozinho na barriga... sinto arrepios... é excitante. É um perigo passar essas trilhas... Adoro perigo!

Bjks, qrida!
Até mais.

Tatiana Kielberman disse...

Flavinha querida!

Continue sonhando, sempre mais...

Um dia, quando você menos esperar, o sonho se tornará realidade, preenchendo seu coração com alegria!

Beijos carinhosos... amo tudo o que você escreve (já não é novidade, né? rsrs...)!

Sil Villas-Boas disse...

Lindo poema Flávia.
Adoro viajar nos teus poemas.
Bjussss
Sil

Barbie Brum disse...

Dra. Jamais pensei q vc tivesse tal talento...parabéns, elas são lindas...Bjs!