quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Na estrada






Nessa estrada em que ao longe vejo
Nada ( e tudo) aparece
Tudo é esperança
Tudo pode acontecer
A estrada é longa
A vida, breve
Árvores, concreto,
O entardecer
Meu carro, um guia
Que conduz
Pra além do horizonte 
Horizonte 
Nada mais
Que o eterno não saber


( foto: Flávia Braun )

4 comentários:

Anônimo disse...

Por onde andará esta desnorteada estrada?
será que já caminhamos além do que fomos?
nosso ponto de chegada, quando transpomos?
as respostas nos levam ao fim ou ao nada

Anônimo disse...

Se a estrada nos leva ao nada
na chegada nos espera o vazio
mas cada dia é outra jornada
o hoje chegou, o ontem partiu

kimbery ryder disse...


pagi gan lkut komentar kunjungan pertama nih. salam sukses selalu. punteun yeh sanes nyepam nya ieu mah nuju usaha milarian artos kanggo ibadah k gusti allah ^-^.

OBAT UNTUK PROMIL

OBAT MENOPAUSE DINI

OBAT PELANCAR HAID

Flávia Braun disse...

Lindo, anônimo. Isso mesmo. As respostas nos levam a mais dúvidas... mas sempre chegamos a um lugar entre o tudo e o nada.